Intervenção disponibiliza equipe médica para Abrigo do Bom Jesus; idosos estavam há 10 meses sem assistência

O Gabinete de Intervenção Estadual na Saúde de Cuiabá disponibilizou uma equipe médica para atender os mais de 80 idosos que vivem no Abrigo do Bom Jesus, em Cuiabá, por meio de um termo de cooperação assinado nesta segunda-feira (15). A unidade estava sem assistência médica há 10 meses.

Foram disponibilizados um médico e três enfermeiros para desempenhar atividades como consultas, avaliações de saúde, administração de medicamentos, curativos, e outros procedimentos necessários para garantir o bem-estar dos idosos.

A interventora estadual na Saúde de Cuiabá, Danielle Carmona Bertucini, afirma que essa cooperação foi uma forma de ajudar o abrigo, e que, independentemente do período de intervenção, deve ser feita a cessão desses profissionais pelo prazo de 12 meses, como previsto no termo.

“Uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde, que é responsável pelas políticas de saúde do idoso, está elaborando um plano de ação para garantir a continuidade da assistência a esses idosos que precisam de acompanhamento de saúde e de cuidados integrais”, afirma.

Mais de um terço dos idosos que vivem no abrigo são completamente dependentes, sendo que 10 deles estão acamados.

“Muitos idosos já chegam para nós debilitados e precisam de acompanhamento médico. Nós temos 10 leitos no abrigo, mas estávamos sem equipe médica para atender os pacientes no local e tínhamos que deslocar com esses idosos para unidades de saúde. Estávamos lutando há bastante tempo por esses profissionais e agora vocês estão nos proporcionando”, afirmou o vice-presidente do abrigo, Altair Magalhães Júnior.

A senadora Margareth Buzetti intermediou a assinatura do termo. “Esse também foi um pedido da primeira-dama do estado, Virginia Mendes, para que encontrássemos uma forma de dar assistência a esses idosos do Abrigo Bom Jesus”, disse, ressaltando que o atendimento aos idosos no abrigo evita que eles tenham de ser levados ao hospital.